Instituto de Liderança

 

O Distrito LC 1 criou em 1º de novembro de 2010 o Instituto de Liderança do Distrito LC 1 objetivando o desenvolvimento de líderes e realização de programas de apoio à gestão dos Lions Clubes.

 

As ações são realizadas pelo Instituto de Liderança que funciona diretamente subordinado à Governadoria do Distrito e conta com o apoio de integrantes do movimento leonístico e de outros colaboradores especialmente convidados.

 

Os cursos são promovidos em conjunto com instituições de ensino superior, permitindo, em alguns, uma dupla certificação: uma pelo Instituto de Liderança e outra, pela instituição.

 

O Instituto de Liderança segue as linhas globais definidas pelos órgãos de Lions e conta, prioritariamente, com a participação de formados pelo Instituto de Liderança de Lions Internacional.

 

Abaixo transcrevemos os fundamentos, estrutura, normas de funcionamento e plano estratégico, permitindo uma visão geral das ações realizadas.

 

 

 

Instituto de Liderança do Distrito LC 1

 

- Fundamentos, estrutura, funcionamento e plano estratégico -

 

Fundamentos

 

O Distrito LC 1, seguindo as diretrizes de Lions Internacional e verificando a relevância de haver um órgão com objetivos voltados ao desenvolvimento de líderes, criou em 1º de novembro de 2010 o Instituto de Liderança do Distrito LC 1.

 

Além do desenvolvimento de líderes o Instituto de Liderança tem por meta realização de programas de apoio à gestão dos Lions Clubes.

 

As ações são realizadas pelo Instituto de Liderança que funciona diretamente subordinado à Governadoria do Distrito e conta com o apoio de integrantes do movimento leonístico e de outros colaboradores especialmente convidados.

 

Estrutura

 

O Instituto de Liderança conta com uma equipe de Coordenação, composta por dezesseis integrantes do movimento leonístico (sendo um Coordenador Geral e três equipes - cada uma com cinco membros - com atribuições específicas de coordenação dos programas). Conta ainda com um Conselho Consultivo, composta pelo Governador, 1° e 2° Vice-Governadores, Ex-Governador Imediato, Coordenador da equipe de GLT e Presidente da Fundação Armando Fajardo de Lions Clube. Integra a estrutura um Corpo Docente composto por integrantes do movimento com experiência nos meio acadêmico. Está previsto uma Equipe Técnica encarregada do suporte aos participantes dos programas.

 

Sua sede é na Governadoria do Distrito, que funciona na sede da Fundação Armando Fajardo, no Rio de Janeiro.

 

Os participantes da Equipe de Coordenação têm em sua quase totalidade, formação em Cursos de Liderança de Lions Internacional, realizados no Brasil e no exterior.

 

Página eletrônica

 

O Instituto de Liderança do Distrito LC 1 possui um site específico (www.lionslideranca.org.br)

 

Cada integrante da Coordenação têm um e-mail específico que permite que as comunicações sejam personalizadas (.........@lionslideranca.org.br)

 

Funcionamento

 

Os cursos são realizados através de educação a distância, utilizando a Internet. São promovidos com apoio de uma instituição de ensino superior, permitindo, em alguns, uma dupla certificação: uma pelo Instituto de Liderança e outra, pela instituição.

 

O Instituto de Liderança segue as linhas globais definidas pelos órgãos de Lions e conta, prioritariamente, como já mencionado, com a participação de formados pelo Instituto de Liderança de Lions Internacional.

 

Há um folder eletrônico (e físico, em forma de cartaz), que permite a divulgação do programa e o link para os cursos. O mesmo pode ser visualizado através do link http://www.lionslideranca.org.br/cursos_lideranca.htm

 

Cursos

 

O Instituto de Liderança realiza os seguintes cursos:

 

a) Desenvolvimento de Jovens Lideranças

O Programa objetiva realização de cursos e atividades voltadas para o desenvolvimento de líderes para o Brasil.

Suas ações realizadas para um público em geral. http://www.lionslideranca.org.br/curso_jovens.html)

 

b) Desenvolvimento de Líderes

O segundo tem como objetivo possibilitar o desenvolvimento de lideranças.

Os cursos e atividades serão direcionados para associados já integrantes dos movimentos comunitários e subsidiarão os dirigentes e não dirigentes para que possibilitar a prática de liderança junto à comunidade. http://www.lionslideranca.org.br/curso_lideres.html

 

c) Gestão de Organizações Sociais

O último programa tem por meta realizar cursos para que as organizações sociais sejam bem estruturadas e tenham um funcionamento dentro das corretas diretrizes de administração.

Existem atividades voltadas para Presidentes e demais integrantes das equipes. http://www.lionslideranca.org.br/curso_organizacoes.html

 

Os cursos são voltados para as três áreas acima e se constitui de uma série de conferências virtuais transmitidas por tecnologia áudio digital (voz pela Internet, com possibilidade de serem ouvidas em aparelhos MP 3, CD-Rom ou similares), utilizando a metodologia de educação a distância. Não é obrigatória a presença física. Poderão existir alguns encontros presenciais, com participação facultativa.

Os programas tem duração média de 50 minutos, sendo transmitidos quinzenalmente. Os mesmos são contextualizados em módulos temáticos, e abordam diversos aspectos. Existem indicações de atividades e estudos complementares que são feitos pelos participantes.

A duração completa do curso é estimada em 180 dias, havendo flexibilidade de estudos, conforme a necessidade dos matriculados.

A matrícula e a avaliação são facultativas. Os devidamente inscritos e que atinjam aproveitamento receberão uma dupla certificação: uma fornecida pelo Instituto de Liderança de Lions e outra de uma instituição de ensino superior, correspondendo a uma extensão universitária.

 

Modalidades dos cursos

 

Os cursos serão ministrados na modalidade a distância, com o uso de tecnologias avançadas de comunicação e informação, podendo haver atividades presenciais.

 

Biblioteca Virtual

 

O Instituto de Liderança mantêm uma Biblioteca Virtual que congrega estudos e trabalhos técnicos desenvolvidos por integrantes do movimento leonístico e outros colaboradores.

 

Os textos serão selecionados e difundidos como elementos complementares do processo de capacitação e aperfeiçoamento dos inscritos nos diferentes programas.

 

Os interessados em encaminhar trabalhos poderão encaminhar para o e-mail lionslideranca@lionslideranca.org.br

 

Matrículas

 

As matrículas são feitas através do site www.lionslideranca.org.br. Podem participar os associados de Clubes de Lions, LEOs e Castores e de outras entidades ou pessoas interessadas em seu desenvolvimento profissional ou pessoal.

 

As matrículas são feitas através da Internet. Há uma ficha para cada curso, sendo permitido que o desenvolvimento simultâneo de, no máximo, dois cursos.

 

Início dos Cursos

 

Os cursos foram concebidos no AL 2010/2011 e tiveram seu início no AL 2011/2012. As matrículas podem ocorrer em qualquer época. Por utilizar a metodologia de educação a distância há um fluxo contínuo para as matrículas. No AL 2012/2013 há um significativo processo de difusão e consequentemente de aumento do número de participantes.

 

Guia de Estudos

 

Todos os participantes dos programas recebem um Guia de Estudos - http://www.lionslideranca.org.br/guia_de_estudos.pdf - (que permite uma contextualização sobre Lions Internacional, acerca do Distrito, bem como aspectos sobre os cursos e orientação para aprendizagem).

 

Trabalho de conclusão do curso

 

Os participantes inscritos deverão, ao término da ultima unidade, fazer um trabalho de conclusão do curso. Os detalhes são fornecidos aos participantes durante o desenvolvimento dos cursos.

 

Participante não identificado

 

Considerando que os programas são disponibilizados pela Internet, é permitido que existam participantes não identificados. Os mesmos têm direito de acesso aos conteúdos, mas naturalmente sem haver o trabalho de conclusão de curso e a certificação. Essa opção permite que pessoas interessadas apenas no seu aprimoramento pessoal possam fazê-lo sem sujeitarem-se à avaliação.

 

Corpo técnico e docente

 

O Instituto de Liderança conta com um corpo técnico (constituído por integrantes do Lions) e com um corpo docente (composto por associados do Lions e por professores universitários).

 

Plano Estratégico

 

O Instituto de Liderança possui um Plano Estratégico que foi construído com a participação democrática de todos os integrantes da equipe.

 

O mesmo encontra-se abaixo transcrito.

 

1. - Definição da missão institucional

 

O Instituto de Liderança do Distrito LC 1 foi criado através da Portaria 2010/2011-007 do Governador do Distrito, dentro das atribuições definidas no Regimento Interno, tendo sido apresentado à comunidade de Lions Internacional durante o II Conselho Distrital, realizado no dia 13 de novembro de 2010.

 

Sua estrutura é composta por um Núcleo de Direção, um Conselho Consultivo, um Conselho Técnico e um Corpo Docente.

 

O Instituto de Liderança funciona diretamente subordinado à Governadoria do Distrito LC 1 e a composição de seus órgão decorre de nomeação feita pelo Governador do Distrito LC 1.

 

Conta com o apoio da Fundação Armando Fajardo de Lions Clubes, onde tem sua sede, na cidade do Rio de Janeiro.

 

O Instituto de Liderança tem, portando, de forma bem clara, a definição de sua missão institucional.

 

2. - Análise dos pontos fortes, fracos, oportunidades e ameaças

 

O Plano Estratégico, ora apresentado, envolve quatro aspectos fundamentais, conhecidos como Análise SWOT, que consiste na identificação dos pontos fortes (strenghts) e fracos (weaknesses) da organização e das oportunidades (opportunities) e ameaças (threats).

 

Dentro desse cenário podemos alinhar como pontos fortes:

 

a) Nossos mais de 1,35 milhão de associados em quase 210 países e regiões geográficas, que representam uma excelente marca;

 

b) a existência de associados que falam a língua portuguesa espalhados por oito países lusófonos (Portugal, Angola, Cabo Verde, Moçambique, Guiné-Bissau, São Tomé e Principe, Timor Leste e Brasil) e por dezenas de outras nações. O português é a oitava língua mais falada no mundo.

 

c) a existência no Brasil de mais de 40 mil associados, distribuídos por cerca de 1.600 Clubes, em todas as Unidades da Federação, representando o maior contingente, secundado por Portugal, onde há mais de mil associados, vinculados a dezenas de Clubes em todas as regiões;

 

d) a manutenção de Clubes com atividades voltadas para diversas áreas humanitárias;

 

e) a existência de Clubes de Jovens (LEOs e Castores) que envolvem associados em faixa etária específica e que atuam dentro de dinâmicas adequadas aos respectivos grupos;

 

f) a existência, no âmbito do Distrito LC 1, de cerca de 65 Clubes e 1.300 associados que podem contribuir, de forma mais ampla, com a sustentabilidade e difusão do Instituto de Liderança;

 

g) a existência de um significativo número de boletins e revistas virtuais e impressos que disseminam informações entre os associados;

 

h) a credibilidade do Lions, através do Distrito LC 1 e de outros Distritos, que sempre primaram por manter os princípios éticos e o não envolvimento em questões políticas partidárias e outras práticas de segregação do grupo;

 

i) a manutenção de uma equipe de líderes que mantém há vários anos Clubes em pleno funcionamento.

 

j) a já existência do Instituto de Liderança por Lions Internacional e de diversas Escolas de Líderes nos Distritos Múltiplos e sub Distritos;

Há, como ocorre em qualquer entidade, os pontos fracos que podem ser sintetizados como:

 

a) um razoável número de integrantes do Lions que não têm, ainda, acesso à internet;

 

b) uma baixo número de associados em muitos Clubes;

 

c) a falta de uma ampla cultura de internet (embora tenham existido significativos avanços);

 

d) uma difusão reduzida, nos meios de comunicação, das atividades do Lions, o que dificulta a propagação dos projetos e programas.

 

Dentro de uma visão de presente e, em especial, de futuro, destacamos as oportunidades sentidas, a saber:

 

a) maior crescimento da cultura de internet;

 

b) ingresso de associados com maior domínio das tecnologias;

 

c) aumento das redes sociais

 

d) modernização das páginas eletrônicas dos Distritos Múltiplos, Distritos e Clubes;

 

e) perspectivas de maior integração do Lions com instituições de ensino superior, que poderão certificar os estudos realizados no âmbito do Instituto de Liderança.

 

Por fim temos que admitir a existência de ameaças que procuramos enumerar:

 

a) envelhecimento dos associados;

 

b) redução de clubes e associados;

 

c) incerteza quanto ao envolvimento de associados em atividades inovadoras;

 

d) falta de uma cultura de realização de projetos de longo prazo e com continuidade além dos mandatos dos dirigentes nos Clubes e Distrito.

 

3 - Definição dos objetivos

 

Os objetivos do Instituto de Liderança são o desenvolvimento de líderes (inclusive jovens lideranças), a realização de programas de apoio à gestão dos Clubes de serviço e a promoção de estudos que possam contribuir com o leonismo, as organizações sociais e a sociedade.

 

4 - Análise do portfolio e das estratégias utilizadas

 

O portfolio de atividades do Instituto de Liderança é constituído, numa primeira fase, por três cursos:

 

a) Gestão de Organizações Sociais;

 

b) Desenvolvimento de Líderes e

 

c) Desenvolvimento de Jovens Lideranças.

 

Há, no site do Instituto de Liderança - www.lionslideranca.org.br , há um conjunto de informações, onde podemos destacar espaços destinados a cada um dos cursos. No mesmo constam:

 

a) todas as unidades didáticas;

 

b) orientações de aprendizagem

 

c) áudio das aulas, com exposições e debates;

 

d) resumo de cada unidade;

 

e) bibliografias;

 

f) exercícios

 

g) orientação para o trabalho final de conclusão dos cursos;

 

h) mecanismos para interatividade entre o Instituto de Liderança e os participantes dos cursos;

 

i) links com organizações educacionais e sociais;

 

j) temas para estudos e discussões e

 

k) informação sobre serviços leonísticos mundiais

 

5 - Formulação de estratégias

 

A definição de estratégias é fundamental para haver a consolidação e o desenvolvimento do Instituto de Liderança.

 

Essas linhas de ação são definidas através da Coordenação do Núcleo de Direção, com a participação dos Conselhos e Corpo Docente.

 

As estratégias serão concretizadas conforme os cenários regionais e os públicos-alvo de cada curso, utilizando, em especial, as redes sociais e a articulação com os Clubes de Lions e parceiros.

 

6. - Plano de ação (negócios organizacionais)

 

O plano prevê as seguintes ações:

 

- Implantação de uma estrutura operacional, envolvendo aspectos pedagógicos e administrativos;

 

- Estabelecimento de um amplo processo de divulgação;

 

- Implantação de um sistema de permanente interatividade com os integrantes dos Conselhos e Corpo Docente;

 

- Promoção de parcerias que garantam as ações de longo prazo;

 

- Articulação com instituições de ensino superior, permitindo uma dupla certificação dos cursos;

 

- Manutenção do site (www.lionslideranca.org.br) como base de transmissão dos conteúdos pedagógicos e desenvolvimento dos sistemas de aprendizagem a distância;

 

- Ampliação da biblioteca virtual;

 

- Elaboração de instrumentos normativos internos e de relacionamento com os participantes dos cursos;

 

- Estabelecer parcerias com outros Institutos de Liderança de Distritos (ou entidades similares);

 

- Motivar os associados dos Clubes de Lions e jovens lideranças;

 

- Estabelecimento de parcerias de apoio para a sustentabilidade econômico-financeira dos programas, com inserção de banners no site;

 

- Criação de condições para gravação de futuros programas através de tecnologias video e audio digitais;

 

- Realização de eventos virtuais e presenciais como forma de desenvolvimento de estudos.


7- Implementação

 

A implementação do Plano Estratégico será feita a partir da coordenação dos membros do Núcleo de Direção, com o apoio das lideranças dos Clubes e membros do Gabinete do Distrito.

 

A parte introdutória, com a definição dos conteúdos e efetivação das primeiras matriculas, ocorreu durante os ALs anteriores. A partir de agosto de 2012 far-se-á a implementação dos pontos estratégicos do Plano, prosseguindo nos meses subsequentes, dentro de um cronograma de atividades.

 

8 - Controle e avaliação

 

O controle das ações é fundamental em todos os processos que envolvam gestão.

 

Para tanto haverá um grupo específico para exercer essa função, que permitirá o acompanhamento das etapas e a adequação das medidas às novas realidades temporais e leonísticas.

 

9 - Envolvimento da comunidade leonística

 

Por fim vale ressaltar que o maior desafio é o de haver um real envolvimento da comunidade leonística, não só dos associados a Clubes, como também de outros organismos integrados à Lions Internacional

 

10 - Considerações finais

 

O presente Plano Estratégico tem como objetivo delinear as linhas de curto, médio e longo prazos. Sua implementação ocorrerá no segundo semestre de 2012, prevendo ações por um período de três anos.

 

Esse prazo é o mais aconselhável para que existam objetivos bem delineados. Não obstante, terá que ser flexível, ajustando suas metas às oportunidades que surjam no decorrer do tempo.

 

Caberá ao Núcleo de Direção conduzir sua implementação e a todos os associados, o acompanhamento.